ESPAÇO

Misterioso sinal de rádio vindo do espaço se repete a cada 16 dias e intriga cientistas

As rajadas rápidas de rádio (FRB, na sigla em inglês) são pulsos brilhantes de emissões de rádio que têm origem em locais muito além de nossa galáxia. Há anos esse fenômeno intriga os cientistas. Agora, o mistério parece ter se aprofundado, pois, pela primeira vez, foram detectadas FRBs que se repetem durante um intervalo de tempo determinado.


 O CANAL HISTORY LEVA VOCÊ E UM ACOMPANHANTE PARA PARTICIPAR DA HISTORY CON E CONHECER OS SEUS ÍDOLOS. CLIQUE E PARTICIPE DA PROMOÇÃO.


Mais de 100 FRBs foram catalogadas por pesquisadores desde 2007. Entretanto, apenas 10 apresentavam repetições e nenhuma delas exibia qualquer tipo de periodicidade. Agora, astrofísicos liderados por Dongzi Li, da Universidade de Toronto, observaram uma rajada que se repete a cada 16 dias.

A pesquisa foi feita a partir de dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (sigla em inglês para "experimento canadense de mapeamento de intensidade de hidrogênio", em tradução livre). Os cientistas observaram disparos de cerca de uma a duas emissões de rádio por hora durante quatro dias, seguido de um silêncio de pouco mais de 12 dias antes de repetir o ciclo. As rajadas em questão se originam em um "berço" de estrelas nos arredores de uma galáxia a cerca de 500 milhões de anos-luz da Terra.

Segundo os autores do estudo, a descoberta oferece pistas importantes sobre a natureza do fenômeno. Apesar disso, ainda não está clara qual é a origem das rajadas. Uma explicação possível para a periodicidade é que um objeto massivo, como um buraco negro próximo ou uma estrela, possa estar interferindo na fonte dessas emissões. Outra hipótese é que pode estar havendo interferência de outros fenômenos, como ventos estelares.


Fontes: Newsweek e Science News

Imagem: ESO/M. Kornmesser, via Wikimedia Commons