PANDEMIA

NASA cria respirador barato e de licença gratuita para tratar pacientes de COVID-19

Em tempo recorde, engenheiros da NASA criaram um respirador para tratar pacientes internados com COVID-19. O equipamento levou apenas 37 dias para ser desenvolvido. Feito de material de baixo custo, o aparelho terá licença gratuita de fabricação.

O dispositivo, chamado VITAL (Ventilator Intervention Technology Accessible Locally), foi criado com o objetivo de compensar o suprimento limitado de respiradores tradicionais nos Estados Unidos. O equipamento deve ser usado em pacientes que apresentam os sintomas mais graves de COVID-19. Nos primeiros testes realizados na Escola de Medicina Icahn do Hospital Monte Sinai, em Nova York, o aparelho apresentou resultados promissores.

"Somos especializados em naves espaciais, não na fabricação de dispositivos médicos", disse Michael Watkins, diretor do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA (JPL). "Mas a excelência em engenharia, testes rigorosos e prototipagem rápida são algumas de nossas especialidades. Quando as pessoas do JPL perceberam que eram capazes de ajudar a comunidade médica e o público em geral, eles sentiram que era seu dever compartilhar sua engenhosidade, experiência e empenho", completou.

O VITAL pode ser construído mais rapidamente do que um respirador tradicional pois utiliza menos peças. De acordo com a NASA, o design flexível do equipamento permite que ele seja modificado para uso em hospitais de campanha e outros locais emergenciais, como centros de convenções e hotéis ao redor do mundo. A Agência Espacial dos EUA espera agora que a Food and Drug Administration (FDA) libere uma autorização de emergência para que o dispositivo possa ser adotado o mais rápido possível. 


Fonte: NASA

Imagens: NASA/JPL-Caltech/Divulgação