ESPAÇO

NASA descobre uma Superterra com potencial para abrigar vida

Após um ano de observações, a NASA, por meio do Satélite de Estudo de Exoplanetas em Trânsito (TESS), realizou uma descoberta surpreendente na constelação de Hydra. Os cientistas identificaram três exoplanetas (situados fora do Sistema Solar) que orbitam uma estrela anã, a qual foi chamada GJ 357. Um desses planetas é uma Superterra relativamente próxima à Terra e com potencial para abrigar vida.

Nova série: PROJETO LIVRO AZUL, SÁBADO, ÀS 22h30

Batizada de GJ 357 d, a Superterra tem 6,1 vezes a massa da Terra e orbita sua estrela a uma distância similar à de Marte até o Sol. Serão realizados novos estudos para determinar se o planeta possui uma atmosfera densa, o que permitiria que houvesse um clima no qual poderia existir água líquida na superfície. Esse intrigante exoplaneta se encontra a somente 31 anos-luz da Terra e sua temperatura média é de - 53ºC.  "Isso é emocionante, já que esta é a primeira Superterra próxima da humanidade que pode abrigar vida", disse Lisa Kaltenegger, uma das coautoras do estudo. 

Os outros dois planetas descobertos pela NASA são:

GJ 357 b

É 22% maior e possui 80% mais massa que a Terra. Está 11 vezes mais próximo de sua estrela que Mercúrio do Sol. Estima-se que tenha uma temperatura média de 254,4 graus centígrados.

GJ 357 c

Tem 3,4 vezes a massa da Terra e alcança uma temperatura de 126,7 graus Celsius.


Fontes: CNN e NY Post

Imagem: NASA's Goddard Space Flight Center/Chris Smith