ESPAÇO

NASA encontra em Plutão elemento-chave para a existência de vida

Após ser rebaixado à categoria de planeta-anão, há 13 anos, Plutão volta a cativar os cientistas, após a descoberta de amônia em sua crosta. Trata-se de uma clara evidência de atividade geológica recente com água líquida, o que, segundo a NASA, é um fator fundamental para a regulação da temperatura, além de oferecer as condições necessárias para a presença de vida .

As informações foram coletadas pela sonda New Horizons, que se aproximou de Plutão em 2015. O equipamento localizou um espectro de infravermelho próximo à região conhecida como Fossa de Virgílio. As imagens indicavam a presença de amônia no local. "Isso foi uma enorme surpresa sobre Plutão para todos nós", disse o cientista planetário Dale Cruikshan, da NASA.

“Nos últimos anos, a amônia tem sido quase como o “santo graal” da ciência planetária”, afirmou Cristina Dalle Ore, cientista do Centro de Pesquisa Ames da NASA e principal autora da descoberta. A amônia é um elemento-chave para as reações químicas que sustentam a vida, de tal modo que sua presença em Plutão indica a existência de um ambiente com condições que possibilitam o desenvolvimento de seres vivos. “Isso não significa que a vida esteja presente, e ainda não a encontramos, mas indica um lugar onde devemos procurar”, concluiu Dalle Ore.


Fonte: Science Alert 

Imagem: NASA/Reprodução