SouMuitoDetetive

Nave não tripulada da Força Aérea dos Estados Unidos retorna misteriosamente à Terra após 2 anos no espaço

Ninguém parece saber muito sobre o enigmático X-37B, um avião espacial secreto da Força Aérea dos Estados Unidos. Recentemente, no entanto, uma notícia deu conta de que ele parece estar funcionando exatamente como o previsto. A nave não tripulada, construída pela  Boeing e que se assemelha a um ônibus espacial em miniatura, voltou à Terra no dia 17 de outubro de 2014, depois de quase dois anos - 674 dias, para ser exato - no espaço. O pouco aconteceu na Base da Força Aérea de Vandenberg, na Califórnia (veja no vídeo no final do texto o momento do pouso).Foi a terceira missão do programa X-37B e, de longe, a mais longa. A missão inaugural ocorreu em abril de 2010 e durou 225 dias. A segunda teve duração de 469 dias.

Como não há muita divulgação sobre o X-37B, inúmeras teorias surgiram sobre o evento, entre elas as de que o avião serviria para vigilância, bombardeio do espaço, espionagem da estação espacial chinesa e até para a implantação de satélites espiões.
Porém, a pergunta que todos fazem é: qual é o real objetivo do X-37B e por que ficou tanto tempo no espaço? Oficialmente, a Força Aérea norte-americana não responde estas perguntas.O que se sabe é que o X-37B não precisa de piloto humano e sua cabine não apresenta janelas. O aparelho é operado remotamente e pode pousar sozinho. Além disso, de acordo com astrônomos amadores, a nave teria assumido uma órbita a cerca de 290 quilômetros da Terra.

O tamanho do avião indica que não há muito espaço a bordo, exceto para equipamentos, combustível para os propulsores e uma cavidade misteriosa. Como não há muita divulgação sobre o X-37B, várias teorias começam pipocar, entre elas as de que o avião serviria para vigilância, bombardeio do espaço, interceptação/interferência de outros satélites, espionagem da estação espacial chinesa e até para a implantação de satélites espiões. As dúvidas estão, literalmente, no ar e tudo indica que  o mistério deve seguir por um bom tempo.

Fonte:

NBC News