ESPAÇO

Nos 30 anos do telescópio Hubble, NASA divulga imagem de nascimento de estrelas

Para celebrar os 30 anos do telescópio espacial Hubble, a NASA divulgou uma imagem espetacular. A cena registrada pelo equipamento retrata o nascimento de estrelas em uma galáxia vizinha. A agência espacial dos Estados Unidos apelidou essa paisagem espacial de "recife cósmico", pois lembra esse tipo de estrutura presente no fundo do mar. 

A imagem mostra uma nebulosa vermelha gigante (NGC 2014) e sua vizinha azul menor (NGC 2020). As duas fazem parte de uma vasta região de formação de estrelas na Grande Nuvem de Magalhães (LMC, na sigla em inglês), uma galáxia satélite da Via Láctea, localizada a 163 mil anos-luz de distância. Com cerca de 5% da massa da Via Láctea, a LMC contém muitas regiões onde "estrelas-bebê" se formam ativamente. As nebulosas mostradas pelo Hubble representam dois desses "berçários estelares".

As estrelas recém-nascidas são brilhantes e gigantescas. De acordo com a NASA, elas são de 10 a 20 vezes maiores que o nosso Sol. Segundo Jennifer Wiseman, cientista sênior do Projeto Hubble, a estrela no centro da nebulosa azul (que aparece no canto inferior esquerdo da imagem) é cerca de 200 mil vezes mais brilhante que o Sol.

Lançado em 24 de março de 1990, o telescópio Hubble revolucionou  a astronomia moderna. Segundo a NASA, o equipamento abriu uma nova janela para o cosmos, oferecendo uma experiência transformadora para a civilização. "O Hubble nos deu lampejos impressionantes sobre o universo, desde planetas próximos até as galáxias mais distantes que já vimos até agora", disse Thomas Zurbuchen, administrador associado de ciências da NASA em Washington. Confira a imagem detalhada do "recife cósmico" no vídeo abaixo:

 


Fontes: Live Science e NASA

Imagem: NASA, ESA and STSc