NAZISMO

O estranho complô que deu início à Segunda Guerra Mundial

Nazistas cometeram atentados na própria Alemanha para forjar um ataque polonês!

Em 1939, enquanto afirmava publicamente estar empenhado no processo diplomático de paz com a Polônia, Adolf Hitler tramava em segredo uma estratégia para iniciar a guerra e poder conquistar todo o território europeu, dando prosseguimento aos seus planos de domínio mundial.

Vídeo relacionado:
Um grupo de espiões alemães, com apoio da SS, cometeu atentados na Alemanha, fazendo-se passar por poloneses, para justificar as ações militares do Führer. Realizaram-se falsos ataques às patrulhas nazistas, um atentado na fronteira com a Polônia e, para finalizar o plano macabro, foi planejada a Operação Himmler.

Em 31 de agosto de 1939, sete integrantes da SS, disfarçados de soldados poloneses, invadiram uma rádio da cidade alemã de Gleiwitz. Lá, eles fizeram um discurso violento, incitando a rebelião contra as forças nazistas. Para dar mais veracidade ao falso ataque, encheram o local de cadáveres vestidos de uniformes alemães, advindos dos campos de extermínio que já funcionavam na Alemanha.

O incidente chocou o povo alemão, que era bombardeado continuamente pela propaganda nazista. Essa foi uma das desculpas para dar início à Segunda Guerra Mundial.


Fonte: Infobae

Imagem: Shutterstock