enigmas

O misterioso raio que matou 25 pessoas em uma igreja (mas poupou os padres)

Em 24 de julho de 1902, a comunidade de San Salvador de Allariz, na Galícia (ou Galiza, na Espanha), foi à igreja da aldeia prestar as últimas homenagens a um vizinho que havia morrido recentemente. Naquele dia, uma terrível tempestade caiu sobre a cidade. Para se abrigar, alguns agricultores locais entraram no local.

De repente, um clarão iluminou o local. Foi um raio que acertou a torre do sino da igreja e atingiu os fiéis que estavam orando. As pessoas, horrorizadas, observaram que muitos de seus vizinhos haviam sido vítimas do poder do raio.

No total, 25 pessoas morreram e 40 ficaram feridas, um recorde que permanece até hoje. O mais impressionante é que nenhum dos seis sacerdotes presentes foi ferido, o que fez muitos acreditarem que o raio havia sido um castigo divino pelos pecados do povo. Mas os padres podem ter sido poupados por um motivo menos miraculoso. Acredita-se que as batinas de seda usadas por eles serviram como isolantes elétricos, evitando a eletrocussão.

A tragédia fez com que a igreja fosse abandonada. Hoje, restam apenas algumas pedras e uma cruz naquele lugar.


 

Fonte: abc.es