GUERRAS

O nazista comandante de vários massacres que foi descoberto vivendo como carpinteiro aposentado

Ele é conhecido como Michael Karkoc e tem 98 anos, mas, por trás de seus cabelos brancos e sua aparência de velhinho inofensivo, se esconde um ex-oficial da SS que devastou cidades inteiras e assassinou impiedosamente homens, mulheres e crianças. 


Ele conseguiu se esconder nos EUA por várias décadas. Procurou uma casa e formou uma família. Mas, depois de longas investigações jornalísticas e judiciais, sua identidade foi finalmente confirmada: ele era “A Besta de Chlaniów” (Polônia), um comandante da Legião de Autodefesa da Ucrânia, subordinada à letal SS de Hitler.

Os relatos e documentos contra Karkoc indicam que ele ingressou no exército alemão em 1941 e logo alcançou o posto de comandante. As atrocidades cometidas por seu agrupamento foram muitas, mas a justiça o acusa especialmente de conduzir uma operação em 23 de julho de 1944, contra a população de Chlaniów, na Polônia, por ser esse o único fato que conta com testemunhas.

Há quatro anos, a família de Karkoc conseguiu deter a iniciativa do promotor de levá-lo a julgamento, apresentando um laudo médico que revelava supostamente sua incapacidade física e mental de ser processado. Mas isso não impediu o promotor, que solicitou um novo exame por médicos independentes. Após décadas de fuga, é hora de Karkoc enfrentar o passado.


Fonte: El País