O UNIVERSO

Os avanços científicos que chegaram antes do previsto

É fato que alguns avanços científicos recentes e impactantes tomaram a humanidade de surpresa antes do esperado.

Abaixo, listamos algumas novidades que já são realidade, porém estavam previstas para serem concretizadas apenas no final deste ano ou apenas no começo do ano que vem.

Detecção das ondas gravitacionais: a detecção desse tipo de onda, ocorrida em fevereiro deste ano, é talvez a mais impactante de todos os avanços. Essas ondas já estavam previstas na Teoria Geral da Relatividade de Einstein. São perturbações espaço-temporais muito fracas, que viajam pelo Universo na velocidade da luz.

Júpiter à vista: a sonda Juno, da NASA, chegou à órbita de Júpiter em julho deste ano, representando a maior aproximação do homem a esse planeta gigante. Trata-se de uma missão destinada a revelar os mistérios de um mundo quase desconhecido para a ciência. Os primeiros dados começaram a chegar à Terra na segunda metade deste ano.

Missão europeia a Marte: a Agência Espacial Europeia (ESA) lançou uma das mais importantes missões espaciais, conhecida como ExoMars, para verificar se Marte pode abrigar vida ou se alguma vez já a abrigou. Trata-se de uma sonda equipada com tecnologia nunca antes alcançada, que determinará se o metano presente na atmosfera é de origem biológica ou geológica.

As duas origens dos cães: há tempos se discute como e quando os cães foram domesticados pelo homem. Uma pesquisa divulgada em junho, pela revista Science, afirma que os cães surgiram separadamente de duas populações diferentes de lobos, que viviam em lados opostos do continente euroasiático. Dessa forma, eles teriam sido acolhidos pelo homem não uma, mas duas vezes, antes do surgimento da agricultura.

 



Fonte: ABC

Imagem: Andrey VP/Shutterstock.com