INDÍGENAS

Os últimos selvagens: conheça tribos sem contato com a civilização

Ainda existem no planeta tribos que habitam regiões isoladas, que vivem da mesma maneira como há milhares de anos, sem conhecimento dos avanços tecnológicos.

Espalhados por várias regiões do mundo, estes povos preservam costumes antigos e, muitas vezes, estabelecer um contato não é tarefa fácil.

As florestas adjacentes ao rio Amazonas são habitadas por centenas de pequenas tribos que vivem da pesca e da colheita de frutas. O governo brasileiro tentou várias vezes fazer um levantamento da quantidade de habitantes da região, mas a vegetação densa e a rejeição dos nativos aos forasteiros dificultam a tarefa.

Durante a Guerra do Vietnã, a tribo dos Ruc foi surpreendida por diversos bombardeios norte-americanos. Imersos na selva densa, os Ruc viviam isolados dos costumes vietnamitas modernos. Após o ataque, ao verem suas aldeias destruídas, muitos deles decidiram se mudar para as cidades, mas a adaptação ao novo ambiente não foi nada simples.

No Deserto de Gibson, na Austrália Ocidental, viviam os aborígenes da etnia pintupi. Em 1984, eles foram encontrados por um grupo de exploradores, e a maioria decidiu se mudar para zonas urbanas, onde o acesso à água e à comida não fosse tão difícil.

A Ilha Sentinela do Norte está localizada próxima à Tailândia e à Índia. Embora, há séculos, se saiba que ela é habitada, o contato foi impossível até a presente data. Os sentineleses atacam ferozmente com arcos e flechas todos os forasteiros que ousam se aproximar.



Fonte: Super Curioso
Imagem: javarman/Shutterstock.com