MEDICINA

Paciente toca violino durante uma operação para a retirada de um tumor cerebral

A musicista Dagmar Turner, de 53 anos, foi submetida a uma cirurgia cerebral no hospital King's College, em Londres. A paciente tinha um tumor que estava perigosamente próximo a áreas do cérebro responsáveis pela coordenação dos movimentos delicados de sua mão esquerda. Para não comprometer essas habilidades essenciais para sua profissão, ela tocou violino enquanto era operada. 

Durante a operação, os médicos acordaram Dagmar para que ela tocasse seu instrumento. Ao monitorar em tempo real os movimentos da paciente, eles evitaram causar qualquer dano às áreas fundamentais para a mobilidade de suas mãos. Com o procedimento foi possível extirpar 90% do tumor sem afetar a função de sua mão esquerda, que corria mais risco de ficar comprometida.

"Sabemos o quão importante o violino é para Dagmar, por isso era vital preservarmos as funções das áreas delicadas de seu cérebro que lhe permitem tocar o instrumento", disse o neurocirurgião Keyoumars Ashkan. Dagmar Turner, que é violinista da Orquestra Sinfônica da Ilha de Wight, teve alta três dias depois. Os médicos garantem que a cirurgia foi um sucesso. Atualmente, a paciente está em recuperação, enquanto aguarda pelo momento de voltar ao trabalho. 

Cirurgias em circunstâncias semelhantes já haviam sido feitas anteriormente, inclusive no Brasil. Em 2015, um homem com tumor cerebral tocou violão enquanto era operado em um hospital em Tubarão, Santa Catarina. Em 2019, um paciente com o mesmo problema também dedilhou seu violão durante uma cirurgia em Canoas, no Rio Grande do Sul.


 Fonte:  CNN

Imagem: King's College Hospital NHS Foundation Trust/YouTube/Reprodução