ESPAÇO

Pesquisadores descobrem portal espacial que transforma corpos gelados em cometas

Um estudo realizado por astrônomos e pesquisadores da Universidade da Flórida “mudará a forma pela qual pensamos sobre a história dos corpos congelados”, de acordo com Gal Sarid, autor principal do estudo. Os cientistas descobriram uma espécie de portal, pelo qual os centauros (os menores corpos celestes do sistema solar) entram e se transformam em cometas.

Os cientistas analisaram de perto um centauro chamado SW1 ('29P/Schwassmann-Wachmann 1'), e observaram que sua órbita atravessava uma espécie de portal perto de Júpiter. Eles descobriram ainda que outros centauros também ingressavam em uma órbita similar e atravessaram essa mesma região. Os pesquisadores observaram que por essa área passam até dois terços de todos os centauros, e assim esse portal seria a principal porta de entrada dos cometas no Sistema Solar.

Os centauros são pequenos objetos congelados que viajam em órbitas caóticas entre Júpiter e Netuno. Acredita-se que eles têm sua origem no cinturão de Kuiper, na região além de Netuno. À medida que esses objetos se aproximarim do portal, eles esquentariam e se tornariam ativos, liberando gás e poeira, o que daria origem à famosa cauda dos cometas.

"A teoria do portal não pretende solucionar todas as questões possíveis", disse Sarid." Segundo ele, o objetivo principal da pesquisa era identificar essa região onde a transição ocorre. "Esse modelo pode nos contar um pouco sobre o início do sistema solar", acrescentou.


Fonte: Live Science

Imagens: Shutterstock.com