meio ambiente

Pichação misteriosa em urso polar na Rússia causa espanto em ambientalistas

Imagens de um urso polar que foi pichado com os dizeres "T-34" no corpo causaram espanto em ambientalistas. O vídeo foi feito na Rússia, mas não se sabe ao certo em que região do país. A pichação pode colocar o animal em risco, já que impossibilita sua camuflagem na neve, dificultando suas estratégias de caça.

O vídeo se popularizou após ser postado por Sergey Kavry, que trabalha na ONG ambiental World Wildlife Fund (WWF). Segundo ele, as imagens começaram a circular originalmente em um grupo de Whatsapp da população nativa de Chukotka, no extremo leste da Rússia. Uma investigação busca identificar onde o fato aconteceu.

A sigla "T-34" designava um tipo de tanque fundamental para que os soviéticos derrotassem os nazistas na Segunda Guerra Mundial. "Se a inscrição tem caráter militar... é algum tipo de desrespeito perverso pela história", afirmou Kavry. Daria Buyanova, assessora de imprensa da WWF afirmou que a pichação parece ser uma "brincadeira de mau gosto". 

De acordo com o cientista Anatoly Kochnev, do Instituto de Problemas Biológicos do Norte, é improvável que a pichação tenha sido feita sem que o urso estivesse sedado. Ele especula que o incidente pode ter acontecido na remota região russa de Novaya Zemlya, onde uma equipe de especialistas já havia sedado ursos polares que estavam vagando por áreas povoadas. A imprensa russa levantou a hipótese de que a pichação possa ter ligação com a revolta da população local em relação a esses animais circulando em áreas urbanas.


Fonte: BBC

Imagem: Sergey Kavry/Facebook/Reprodução