IMPÉRIO ROMANO

Polícia da Espanha encontra artefatos do Império Romano em mercado de frutos do mar

A Guarda Civil da Espanha se deparou com um achado surpreendente durante uma inspeção de rotina em um mercado de frutos do mar de Alicante. Lá, os agentes encontraram 13 ânforas de cerâmica do Império Romano (recipientes usados  para conservar líquidos). Estima-se que as peças sejam do século 1 d.C. 

Pesquisadores acreditam que as ânforas eram usadas armazenar azeite produzido no sul da Espanha. A mercadoria era exportada para o resto do Império Romano a partir do Portus Ilicitanus, porto situado na colônia de Ilici. As ânforas também podem ter sido utilizadas para o transporte de vinho e molhos de pescado.

De acordo com o Ministério da Educação, Cultura e Esporte da Espanha, uma das ânforas pode ter uma importância significativa, devido à sua exclusividade. No mercado de frutos do mar, os agentes também encontraram uma âncora metálica, datada possivelmente do século XVIII, e uma placa antiga de calcário com a inscrição “ESTE”. As peças podem ter sido recuperadas de destroços de naufrágios no Mar Mediterrâneo. 

A Guarda Civil agora investiga o proprietário do estabelecimento e seu filho. Eles podem ser indiciados como autores de crimes contra o patrimônio histórico e a ordem socioeconômica.  Os artefatos foram levados para o Museu do Mar de Santa Pola.

 


Fontes: CNN e Guarda Civil/Ministério do Interior da Espanha

Imagens: Guarda Civil/Ministério do Interior da Espanha/Divulgação