MÚSICA

Preparado para o show? Milionário grego quer trazer Beatles "de volta à vida"

Será que as novas tecnologias poderão trazer de volta grandes bandas e músicos que já não estão entre nós? Será que poderão lotar estádios com shows ao vivo de artistas já falecidos? Ao que tudo indica, sim. Pelo menos é isso que o milionário grego Alkiviades David tem em mente, e ele não parece disposto a parar antes de ter atingido seu objetivo. O magnata afirmou em uma entrevista à revista Vulture que “felizmente, o mercado dos hologramas é maior que o pornô. E não haverá impedimento nenhum para que seja maior que a indústria cinematográfica”.

David começou a investir dezenas de milhões de dólares no crescimento dessa indústria, a qual, recentemente, está dando seus primeiros passos e cuja patente ele registrou em 2012, depois de levar Tupac Shakur ao festival Coachella daquele mesmo ano. Em seguida, ele surpreendeu o mundo ao “ressuscitar” Michael Jackson para a cerimônia de entrega dos prêmios Billboard do ano passado.

Agora o grego tem um leque de reproduções holográficas extremamente ambiciosas e poderá revolucionar a indústria do entretenimento: Ray Charles, Richard Pryor, Jim Morrison, Liberace, Mariah Carey e, os mais esperados, Beatles. Aparentemente, seu negócio não vai terminar com a realização de grandes eventos, mas poderá se expandir com um “serviço em domicílio”, no qual as estrelas do entretenimento de todos os tempos poderão se apresentar na casa de seus fãs – como hologramas, claro.


Fonte: Pijama Surf

Imagem: 360b/Shutterstock.com