ARTES PLÁSTICAS

Quadro barroco é desfigurado em tentativa de restauração na Espanha

A restauração de uma pintura na Espanha não deu muito certo. O proprietário de uma cópia do quadro barroco "A Imaculada Conceição dos Veneráveis", de Murillo, contratou uma empresa de reformas de móveis para limpar a obra de arte. O problema é que a imagem da santa ficou irreconhecível ao final do trabalho.

O caso aconteceu na cidade de Valência. O dono do quadro teria desembolsado €1,200 (cerca R$ 7 mil) para os restauradores. Os "profissionais" tentaram consertar o estrago duas vezes, mas os resultados foram desastrosos.

Por sorte, o alvo do desastre foi apenas uma cópia do quadro pintado do artista barroco Bartolomé Esteban Murillo (1617 - 1682). A pintura original está sã e salva no Museu do Prado, em Madri. Mesmo assim, a Associação de Conservação e Restauração da Espanha (ACRE) publicou um comunicado oficial mostrando preocupação com casos semelhantes.

María Borja, vice-presidente da ACR, disse que esses incidentes são mais comuns do que se pensa. "Nós só ficamos sabendo quando há denúncias na imprensa ou nas mídias sociais, mas há inúmeras situações em que esses trabalhos são realizados por pessoas que não são treinadas". A mais célebre dessas restaurações terríveis aconteceu em 2012, também na Espanha. Naquela ocasião, uma senhora idosa desfigurou o afresco Ecce Homo, de Elías García Martínez  (1858–1934), em uma igreja do vilarejo de Borja na tentativa de recuperá-lo.  


Fontes: The Guardian e New York Post

Imagens: Museu do Prado e Wikimedia Commons