EGITO

Rara estátua do faraó Ramsés II com símbolo místico é encontrada no Egito

O Ministério das Antiguidades do Egito anunciou a descoberta de uma rara estátua de granito cor-de-rosa do faraó Ramsés II. A escultura apresenta o símbolo místico "Ka" que representa a alma ou espírito. O artefato foi encontrado na propriedade de um homem que havia sido preso recentemente acusado de fazer escavações ilegais.

"Esta é considerada uma das mais raras descobertas arqueológicas. É a primeira estátua 'Ka' feita de granito a ser encontrada", disse Mostafa Waziri, secretário geral do Ministério das Antiguidades. Antes disso, apenas uma estátua de madeira de Ramsés II com o símbolo Ka já havia sido localizada.

O símbolo é representado por dois braços unidos em ângulos retos, em formato de "U", com as mãos apontadas para cima. Ao ser colocado sobre a cabeça de uma estátua, ele se assemelha a um par de chifres. Assim, o emblema também tem o significado de "touro". Junto do busto foi encontrado um pilar com uma inscrição descrevendo Ramsés II como "touro forte".


Imagem: Detalhe do símbolo do Ka em uma estátua - Jon Bodsworth/via Wikimedia Commons

Ramsés II, também conhecido como Ozymandias, foi o terceiro faraó da 19ª dinastia egípcia. Ele reinou entre os anos 1279 a.C. e 1213 a.C. e seu governo foi um dos mais bem-sucedidos nos aspectos econômico, administrativo, cultural e militar. O governante teve mais filhos e construiu mais monumentos do que qualquer outro faraó. Acr

edita-se que ele tenha morrido aos 90 anos. Sua múmia foi originalmente sepultada no Vale dos Reis e atualmente se encontra no Museu Egípcio, no Cairo.

A estátua, que tem 105 cm de altura por 55 cm de largura, foi levada para um museu, onde deve ser restaurada. Não se sabe ao certo a idade da escultura. Os arqueólogos acreditam que o busto pode ter pertencido ao Templo de Ptah, localizado nas proximidades onde ele foi encontrado.


Fonte: Newsweek

Imagem: Ministério das Antiguidades do Egito