ESPAÇO

Rússia se nega a falar sobre as causas de buraco na Estação Espacial Internacional

Dmitry Rogozin, chefe da agência espacial russa Roscosmos, desculpou-se após se negar a falar sobre as causas que deram origem a um buraco na Estação Espacial Internacional (EEI), em agosto de 2018. “Aconteceu nas cabines da estação  [...]. Coletamos todas as amostras. Está completamente claro o que ocorreu, mas não diremos nada”, afirmou Rogozin recentemente.

No entanto, cientistas da NASA garantem ainda estar buscando respostas ao incidente que aconteceu alguns meses após a nave russa Soyuz MS-09 transportar três astronautas até a EEI. Foram os astronautas que detectaram um buraco, que estava começando a despresurizar o interior da nave.

Após o incidente, que foi resolvido com fitas adesivas especiais, surgiram muitas especulações. Nesse sentido, a NASA e a Roscosmos emitiram uma declaração conjunta para esclarecer que "concordaram em adiar qualquer conclusão preliminar e fornecer explicações quando a investigação terminar". No entanto, a agência russa não parece disposta a cumprir as diretrizes.


Fonte: BBC 

Imagens: Shutterstock.com