animais

Salamandra "preguiçosa" fica parada durante sete anos e surpreende cientistas

O proteus é uma espécie de salamandra cega que vive em cavernas aquáticas no sul da Europa. Esses animais vivem sem nenhuma pressa: sem predadores naturais, eles não precisam correr nem se esconder. Mesmo assim, um exemplar chamou a atenção de cientistas por ter ficado sem se mover durante sete anos.

O animal em questão vive em uma caverna na Bósnia-Herzegovina. Ele ficou parado por exatamente 2569 dias (ou sete anos e duas semanas). O espécime foi observado pelos pesquisadores junto com outros 18 proteus entre 2010 e 2018. Em média, as criaturas se moveram cerca de 5 metros por ano, embora um indivíduo "hiperativo" tenha deslocado 38 metros em apenas 230 dias. 

Apesar de cegos, os proteus (cujo nome científico é Proteus anguinus) possuem outros sentidos muito bem desenvolvidos, como o tato, paladar e audição. Esses animais também têm um ciclo de vida muito longo, podendo viver mais de um século. Além disso, eles se reproduzem apenas uma vez a cada 12,5 anos.

De acordo com os cientistas, os proteus consomem pouco oxigênio e são resistentes à fome, sendo capazes de passar vários anos sem comida. O autor do estudo, Gergely Balázs, da Universidade Eötvös Loránd (Hungria), afirmou que a estratégia dos proteus está relacionada com a economia de energia. Eles preferem esperar a chegada de pequenos crustáceos dos quais se alimentam do que persegui-los.


Fontes: IFLScience e Newsweek

Imagem: Javier Ábalos Alvarez, via Wikimedia Commons