DOENÇAS

A verdadeira origem da risada do Coringa

O filme Coringa (2019) fez retornar às telas o clássico vilão do Batman, e com ele, sua risada descontrolada e sem motivo aparente. Na vida real, essa peculiar gargalhada tem origem em uma condição neurológica chamada PLC (Pathological Laughing and Crying, ou Choro e Risada Patológicos, na tradução). São episódios incontroláveis nos quais as pessoas riem descontroladamente diante uma notícia ruim ou choram ao receber uma notícia boa.

Esse transtorno da expressão emocional também é conhecido como afeto pseudobulbar, labilidade emocional ou incontinência afetiva. Pode se apresentar como um sintoma de várias doenças, como a epilepsia gelástica, esclerose múltipla, paralisia pseudobulbar e tumores na região pontocerebelar. Acredita-se que sua origem possa estar em uma lesão do tronco encefálico, que é a área do cérebro que ajuda a controlar as emoções.

Cientistas da Universidade de Iowa acreditam que a lesão aconteça por uma disfunção nos circuitos que envolvem o cerebelo e que exercem influência sobre os  núcleos do tronco encefálico e o córtex cerebral. Esses ataques de riso ou choro repentinos interferem nas atividades diárias e na sociabilidade das pessoas, e a condição é tratada com medicamentos que diminuem a severidade e a frequência dos episódios.

 


Fonte: BBC 

Imagens: Bottle Top Photography/Shutterstock.com e Warner Bros./Reprodução