MISTERIOS

Vídeo: arqueólogos descobrem mais informações sobre os Grandes Círculos do Oriente Médio

Arqueólogos da Jordânia registraram imagens aéreas, em alta resolução, de 11 antigos “Grandes Círculos” do Oriente Médio que desconcertaram os especialistas por sua semelhança extraordinária: todos, à exceção de um, possuem 400 metros de diâmetro (veja o vídeo no final do texto).

Os “Grandes Círculos” (como são conhecidos pelos arqueólogos) foram construídos com muros de pedra baixos e não têm mais que poucos metros de altura. Até hoje, não se sabia exatamente para quê e nem quando foram construídos. Agora, a análise de fotografias e artefatos encontrados nos dá uma primeira pista: eles não possuem menos que 2 mil anos. Os cientistas especulam que poderiam ter sido construídos em tempos pré-históricos, antes da invenção da escrita, e afirmam que o mais importante deste trabalho é fazer que todos tomem conhecimento dos “Grandes Círculos”, um grupo de enclaves magníficos, que, apesar de descobertos em 1920, permanecem desconhecidos para grande parte do mundo científico.

A pesquisa foi chefiada por David Kennedy, que está à frente do Projeto Jordaniano de Arqueologia Aérea (AAJ) desde 1997, e do Arquivo Fotográfico de Arqueologia Aérea do Oriente Médio (APAAME). No entanto, o mistério de por que os Grandes Círculos foram construídos ainda não foi resolvido. Para isso, será necessário um trabalho de campo mais profundo, mas o caminho já foi pavimentado e facilitado por esse primeiro estudo.

Confira o vídeo:

Fonte e imagens: Terrae Antiquae