Hoje na história

16.jun.1963

Morre o compositor Lamartine Babo

No dia 16 de junho de 1963 morria, no Rio de Janeiro, Lamartine de Azeredo Babo, um dos mais importantes compositores populares do Brasil. Nascido na capital fluminente no dia 10 de janeiro de 1904, ele ficou conhecido por suas marchinhas carnavalescas, cantadas até hoje, como “O Teu Cabelo Não Nega”, “Linda Morena”, e “A Marchinha do Grande Galo”. Suas letras são caracterizadas pelo humor refinado e a irreverência. Torcedor fanático do América, do Rio de Janeiro, ele desfilou em carro aberto pelas ruas do centro da cidade, fantasiado de diabo, em comemoração ao campeonato do clube em 1960. Em 1949 compôs os hinos alternativos (não oficiais) dos 11 participantes do Campeonato Carioca daquele ano. Em um só dia, escreveu os hinos do América FC, além de Vasco da Gama, Fluminense, Flamengo, Botafogo e Bangu. Depois, vieram os hinos do São Cristóvão, Madureira, Olaria, Bonsucesso e Canto do Rio. Vítima de um infarto aos 61 anos, ele deixou seu nome gravado entre os grandes compositores do Brasil. Em 1981, a escola de samba Imperatriz Leopoldinense conquistou o primeiro bicampeonato com o enredo "O teu cabelo não nega", de Arlindo Rodrigues, em uma homenagem aos compositor.

 


Imagem: Shutterstock.com