Hoje na história

30.set.1968

Morre o escritor Sérgio Porto ou Stanislaw Ponte Preta

No dia 30 de setembro de 1968 morria, no Rio de Janeiro, Sérgio Marcus Rangel Porto, escritor, radialista e compositor, mais conhecido pelo pseudônimo de Stanislaw Ponte Preta. Com uma intensa jornada de trabalho, ele escrevia para o rádio, TV, revistas e jornais, além de se dedicar aos próprios livros. Por conta da rotina puxada, ele, que era cardíaco, morreu de ataque do coração aos 45 anos. Nascido no dia 11 de janeiro de 1923 na capital fluminense, Sérgio Porto ganhou fama por seu senso de humor refinado e pela crítica aos costumes nos livros “Tia Zulmira e Eu” e o Febeapá - Festival de Besteiras que Assola o País, uma de suas maiores criações. Ele ainda compôs a música "Samba do Crioulo Doido" e foi o criador e produtor do concurso de beleza “As Certinhas do Lalau”. Boêmio e com admirável senso de humor, em sua memória um grupo de jornalistas e intelectuais fundou o semanário “O Pasquim”, em 1969.

 


Imagem: [Domínio público], via Wikimedia Commons