Hoje na história

07.set.1922

Nasce o ator Paulo Autran, patrono do teatro brasileiro

No dia 7 de setembro de 1922 nascia, no Rio de Janeiro, Paulo Paquet Autran, ator de teatro, cinema e televisão. Após a sua morte, no dia 12 de outubro de 2007, em São Paulo, ele foi declarado Patrono do Teatro Brasileiro, em 15 de julho de 2011. Antes de se consagrar como um dos grandes atores do teatro brasileiro, Paulo Autran se formou na Faculdade de Direito do Largo São Francisco, em São Paulo, em 1945, com a ambição de se tornar diplomata. Ainda no começo da carreira como advogado, ele participou de algumas peças teatrais amadoras. Apesar de uma relutância inicial, ele estreou profissionalmente com a peça “Um Deus dormiu lá em casa”. Nesta época, uma grande incentivadora foi sua amiga Tônia Carrero. A peça estreou em dezembro de 1949, no Teatro Copacabana, no Rio, e tornou-se um grande sucesso. Com o êxito da estreia, Paulo Autran largou a advocacia para se dedicar exclusivamente à carreira artística, dando prioridade ao teatro, sua grande paixão. Também participou de filmes e obteve sucesso na televisão, tanto em novelas como em minisséries. No cinema, destaque para a sua participação em Terra em Transe, clássico de Glauber Rocha. Na televisão, uma das suas atuações memoráveis foi na novela Guerra dos Sexos, onde contracenou com a atriz Fernanda Montenegro. Em 2006, teve que interromper a sua participação na peça teatral O Avarento, de Molière. O ator começou um tratamento contra o câncer de pulmão, que não o impediu de trabalhar e nem de seguir fumando. Ele morreu aos 85 anos, por conta de um enfisema pulmonar.

 


Imagem: J. Freitas/ABr (Agência Brasil [1]) [CC BY 3.0 br], via Wikimedia Commons