Hoje na história

26.jan.1917

Nasce o romancista e dramaturgo Antônio Carlos Callado

No dia 26 de janeiro de 1917 nascia, em Niterói, no Rio de Janeiro, Antônio Callado, jornalista, romancista, biógrafo e dramaturgo. Em 1941, em plena Segunda Guerra Mundial, ele se mudou para Londres, onde trabalhou para a BBC até 1947. Após a libertação de Paris, trabalhou no serviço brasileiro da La Radiodiffusion-télévision française (RTF). No seu retorno ao Brasil, decidiu conhecer melhor o seu país e viaja para o interior, onde satisfaz o desejo de escrever reportagens sobre o Nordeste, o Xingu, Francisco Julião, entre outros assuntos. Entre 1954 e 1960, foi redator-chefe do Correio da Manhã e, depois, trabalhou para a Enciclopédia Britânica, onde chefiou a equipe que produziu a primeira edição da Enciclopédia Barsa, publicada em 1963. Seu histórico de grandes reportagens teve sequência no Jornal do Brasil com a cobertura da Guerra do Vietnã, em 1968.

O escritor está sempre trabalhando em um livro, mesmo quando não está escrevendo. Antônio Callado

Em 1974, foi professor das universidades de Cambridge, na Inglaterra, e de Columbia, nos Estados Unidos. Em 1975, passou a se dedicar à literatura e às peças teatrais. Um dos seus espetáculos de maior sucesso foi Pedro Mico, dirigida por Paulo Francis. Entre seus romances, destaque para Quarup, de 1967. Callado recebeu vários prêmios durante a sua carreira, tanto no Brasil como no exterior. Em 1943, se casou com a inglesa Jean Maxine Watson, funcionária da BBC, com quem teve três filhos. Em 1976, casou-se outra vez, com Ana Arruda. O escritor morreu aos 80 anos, no dia 28 de janeiro de 1997.

 


Imagem: Shutterstock.com