Hoje na história

16.jul.1950

No "Maracanazo", Uruguai derrota Brasil na final da Copa

No dia 16 de julho de 1950 o futebol brasileiro sofreu, provavelmente, uma das suas mais amargas derrotas da história. No primeiro mundial realizado após o encerramento da Segunda Guerra Mundial, os jogadores da seleção brasileira estavam diante da chance de conquistar, dentro de casa, o primeiro título de Copa do Mundo. Em uma partida em que era considerado favorito, o Brasil recebeu o Uruguai no estádio do Maracanã, diante de um público de 200 mil pessoas, sendo que entre elas estavam somente algumas centenas de uruguaios. Ao time local, bastava um empate, mas mesmo assim a equipe da casa se lançou ao ataque. No jogo, o Brasil marcou primeiro com o atacante Albino Friaça, que balançou a rede logo aos 10 minutos de partida. Contudo, no segundo tempo, os uruguaios empataram com Schiaffino e depois sacramentaram a vitória e também a conquista do título mundial com um gol de Ghiggia, que calou a imensidão de torcedores no Maracanã. Era o fim da festa brasileira que havia sido armada antes mesmo do jogo e que teve o Uruguai como convidado mais indigesto.

 


Imagem: Arthur Boppré (Maracanã (Viagem helicóptero)) [CC BY 2.0], via Wikimedia Commons