VIAGEM NO TEMPO

Cientista diz que óvnis podem estar sendo pilotados por humanos do futuro

Aparições de óvnis não param de intrigar o mundo. Recentemente, o governo dos Estados Unidos admitiu a autenticidade de vídeos que mostram três deles. Além disso, houve um recorde no número de avistamentos desses objetos no país. Agora, um cientista tem uma nova teoria para o fenômeno: eles não seriam pilotados por alienígenas, mas por humanos vindos do futuro.


 O CANAL HISTORY LEVA VOCÊ E UM ACOMPANHANTE PARA PARTICIPAR DA HISTORY CON E CONHECER OS SEUS ÍDOLOS. CLIQUE E PARTICIPE DA PROMOÇÃO.


 Michael Masters, professor de antropologia biológica da Universidade Tecnológica de Montana, nos EUA, acaba de lançar um livro chamado Identified Flying Objects: A Multidisciplinary Scientific Approach to the UFO Phenomenon ("Objetos Voadores Identificados: Uma Abordagem Científica Multidisciplinar a Respeito do Fenômeno dos Óvnis", em tradução livre). Na obra, o autor sugere que, devido ao ritmo acelerado dos avanços científicos e tecnológicos, é provável que os humanos de um futuro distante posam ter desenvolvido o conhecimento e o equipamento necessários para retornar ao passado.

O cientista batizou esses supostos visitantes de "extratempestriais". Masters analisou os relatos de abduções e contatos imediatos com supostos alienígenas e observou que os tripulantes de óvnis são geralmente descritos como bípedes, sem pelos e semelhantes a seres humanos. Além disso, eles apresentariam cérebros e olhos grandes, bem como narizes e bocas pequenas. Essas criaturas também teriam a capacidade de se comunicar conosco em linguagem humana.

Em seu livro, Masters teoriza que esses viajantes seriam humanos do futuro. Eles teriam essa aparência devido a anos de evolução. De acordo com ele, isso seria mais provável do que estarmos sendo visitados por alienígenas. "Sabemos que estamos aqui. Sabemos que os seres humanos existem. Sabemos que tivemos uma longa história evolutiva neste planeta. E sabemos que nossa tecnologia será mais avançada no futuro. Acho que a explicação mais simples e natural é que somos nós. Só estou tentando oferecer o que provavelmente é a explicação mais plausível", disse.


Fonte: Space.com

Imagem: Shutterstock.com