ESPAÇO

Cientistas descobrem colunas de vapor d'água em lua de Júpiter que pode abrigar vida

A Agência Espacial Europeia (ESA) encontrou evidências da existência colunas de vapor d’água em Europa, uma das luas de Júpiter. Devido a suas características únicas e similaridades com a Terra, esse é um dos locais do espaço que mais chamam a atenção dos cientistas, podendo inclusive abrigar vida. A ESA pretende explorar o que há sob o grosso manto de gelo do satélite, procurando provas da atividade proveniente do subsolo.

Um novo estudo liderado por Hans Huybrighs, pesquisador associado da ESA, se concentrou em pesquisar a fundo a camada de gelo de Europa. Ele utilizou pesquisas do campo magnético realizadas com a sonda Galileo, da NASA, e efetuou uma simulação para tentar compreender por que foram registrados menos prótons (partículas subatômicas com carga positiva) em movimento rápido do que se esperava nas imediações do satélite. Ele e seus colegas descobriram que parte desse esgotamento de prótons se devia a uma nuvem de vapor de água lançando-se no espaço. 

Os cientistas suspeitavam da existência de colunas de vapor em Europa desde os tempos da missão Galileo. No entanto, evidências indiretas de sua presença só foram encontradas na última década. Curiosamente, se essas colunas realmente existirem, elas romperiam a crosta gelada da lua. Com isso, ofereceriam um meio de acessar o conteúdo do oceano subterrâneo do satélite, o que de outra forma seria extremamente difícil.

A previsão é que em 2022 a ESA lançará uma nova missão, chamada Juice, para estudar Júpiter e suas luas geladas. A Juice contará com o equipamento necessário para coletar amostras de partículas diretamente das colunas de vapor d’água de Europa e também detectá-las remotamente, revelando os segredos do seu oceano. Programada para chegar ao sistema de Júpiter em 2029, a missão estudará a potencial habitabilidade e os oceanos subterrâneos de três das luas do planeta gigante - Ganimedes, Calisto e Europa.

Europa é um dos locais com maiores probabilidades de abrigar vida alienígena no nosso sistema solar, segundo a NASA. Recentemente, uma cientista britânica disse que acredita na existência de seres vivos "com inteligência de polvo" no satélite


Fonte:  ESA

Imagem: NASA/JPL-Caltech/SETI Institute