ALIENÍGENAS

Dupla de YouTubers é presa ao tentar invadir a misteriosa Área 51

Um evento no Facebook convocando pessoas para invadirem a Área 51 está marcado para esta sexta-feira (20 de setembro). Apesar de ser apenas uma brincadeira, há meses autoridades dos Estados Unidos alertam que tomarão as medidas necessárias caso alguém leve a iniciativa a sério. Dois YouTubers já sentiram isso na pele: eles foram presos na semana passada após entrarem sem autorização em uma instalação militar nas proximidades da Área 51.

A bordo de um carro, os holandeses Ties Granzier, de 20 anos, e Govert Charles Wilhelmus Jacob Sweep, de 21, ignoraram os avisos de "Entrada Proibida" e dirigiram por quase cinco quilômetros nas premissas do Nevada National Security Site. O objetivo deles era chegar até a instalação militar secreta de Groom Lake, conhecida como Área 51. A dupla foi encontrada com equipamentos de vídeo, um notebook e um drone.

Os YouTubers disseram à polícia que viram as placas, mas queriam olhar as instalações de qualquer maneira. Acusados de invasão, os dois foram fichados no Centro de Detenção do Condado de Nye. "Eles estão recebendo o mesmo tratamento que qualquer um receberia", disse o capitão David Boruchowitz. O oficial também confirmou que a dupla havia feito imagens em vídeo do local.

Granzier tem um canal no YouTube com 737 mil seguidores, enquanto Sweep tem 308 mil inscritos. O primeiro é especializado em vídeos de "faça você mesmo", e o segundo é conhecido por postar conteúdo de lugares abandonados e desertos. A Área 51 é uma lendária base militar onde muitos acreditam que o governo dos EUA esconde provas da existência de vida extraterrestre. Teorias da conspiração afirmam que lá se encontram os restos de uma nave espacial que teria caído em Roswell, em 1947.


Fonte: Newsweek

Imagem: Nye County Sheriff's Office/Reprodução