Hoje na história

08.nov.1934

Morre o cientista e médico brasileiro Carlos Chagas

No dia 8 de novembro de 1934 morria Carlos Chagas, um dos grandes cientistas do Brasil. Ele faleceu aos 55 anos de idade, vítima de um infarto em sua residência, no Rio de Janeiro. Grande representante da medicina preventiva no Brasil, ele trabalhou com o médico sanitarista Oswaldo Cruz pela erradicação da malária no país, no combate à leptospirose e doenças venéreas. Contudo, ficou conhecido pela identificação de uma doença misteriosa, que mais tarde foi batizada de Doença de Chagas. O médico descobriu que ela é transmitida por um protozoário então desconhecido, o Trypanosoma cruzi (nome em homenagem ao seu mentor Oswaldo Cruz), que vive no organismo do mosquito “barbeiro”, habitante de fendas das casas de pau-a-pique. Quando o inseto pica a pele humana, imediatamente evacua. Sua picada causa coceira e, ao passar a mão sobre a pele, as fezes entram na corrente sanguínea e contaminam a vítima. A doença age lentamente ao longo dos anos e causa problemas em vários órgãos como fígado e coração, podendo muitas vezes levar à morte. Por conta de sua descoberta, Carlos Chagas recebeu o título de doutor honoris causa da Universidade de Harvard e da Universidade de Paris. Sem nunca deixar o setor da saúde pública, ele trabalhou no Instituto Oswaldo Cruz (então Instituto Manguinhos), do qual foi diretor. Também foi professor na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, na área de doenças tropicais, higiene e saúde pública.

 


Imagem: By J. Pinto (Biblioteca Virtual Carlos Chagas) [Domínio público], via Wikimedia Commons